As irmãs que ninguém acredita que são gémeas: são de raças diferentes e estão a conquistar a internet

Duas bebés do Illinois, nos Estados Unidos, estão a captar a atenção da Internet: têm cor de pele diferente mesmo sendo gémeas. Kalani, de nove meses, herdou a pele mais clara da mãe, Whitney Meyer, enquanto a irmã gémea Jarani tem a pele negra do pai, Tomas Dean.

Além disso, Kalani tem os olhos azuis e Jarani tem olhos castanhos. De acordo com a BBC, que cita o investigador Jim Willson, um geneticista e investigador da Universidade de Edimburgo, casos como o destas irmãs são raros e acontecem em cada 500 nascimentos fruto de casais interraciais.

"A cor da nossa pele é determinada por um certo número de genes variantes - pelo menos 20 genes variantes", explicou Willson. "Isto é tão raro e tão incrível para partilhar", escreve Whitney Meyer, a mãe das meninas, no Facebook.

A mulher de 25 anos confessou numa entrevista à US Weekly que ficou surpreendida quando viu as filhas pela primeira vez.

"Perguntei ao médico por que motivo é que a pele da Kalani era tão clara. Não conseguia perceber as diferenças", contou Whitney.

Tomas Dean, o namorado de Whitney e pai das meninas, é negro e Whitney é branca e nenhum dos dois estava à espera de ter filhas gémeas tão diferentes uma da outra.

"Ninguém acredita que são gémeas", contou Whitney à revista People.

"Quando estamos em público as pessoas começam a olhar para elas, porque visto-as de maneira igual, e consigo ver que as pessoas ficam confusas", acrescenta.

VEJA AINDASeis gerações de mulheres vivas na mesma família. E o segredo é “rum com água gaseificada”

SAIBA MAISBebé herda marca de nascimento da mãe, avó e bisavó. Um alteração genética rara

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários