Filho obrigado a indemnizar mãe por causa de curso universitário que ela lhe pagou

Caso inédito em Taiwan: Uma mãe levou o filho à barra da Justiça, alegando que este lhe devia quase um milhão de dólares pelo esforço que ela fez para lhe pagar a faculdade.

Segundo o código civil de Taiwan, os filhos, quando atingem a idade adulta, têm a responsabilidade de cuidar dos pais. Mas pela primeira vez no país uma mãe levou a lei demasiado à letra.

"Chu" tinha 20 anos quando assinou um contrato com a mãe em 1997, em que ficou estabelecido que a progenitora receberia 60% dos rendimentos do filho assim que ele começasse a trabalhar como dentista após a conclusão da licenciatura, escreve a BBC.

A mãe, identificada pelo seu sobrenome "Lou", assinou um contrato semelhante com o filho mais velho, mas este chegou a um acordo com a progenitora e pagou-lhe uma quantia inferior à combinada.

LEIA TAMBÉM: 15 alimentos que os dentistas nunca comem

VEJA AINDA: As frases mais ridículas ouvidas pelos médicos

No entanto, o mais novo, "Chu", recusou pagar a verba pedida pela mãe e, em sede de justiça, alegou que era muito novo quando assinou o contrato.

O homem diz que trabalhou na clínica dentária da mãe durante vários anos, depois de concluir o curso, e que a ajudou a fazer mais dinheiro do que aquele que ela agora lhe exige.

No entanto, o coletivo de juízes considerou o contrato válido, uma vez que "Chu" já era adulto e não foi forçado a assinar o documento. Segundo a BBC, que cita um porta-voz do Supremo Tribunal de Justiça de Taiwan, o dentista terá agora que saldar a dívida em atraso, acrescida de juros.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários