Brad Pitt terá ameaçado Weinstein quando descobriu assédio a Paltrow

Fontes adiantam que Brad Pitt ficou fora de si quando descobriu que a então namorada tinha sido vítima de assédio por parte do produtor.

O escândalo sexual a envolver o produtor de Hollywood Harvey Weinstein continua a ganhar contornos surpreendentes.

Ainda esta terça-feira, a imprensa internacional adiantou que duas das vítimas de Harvey tinham sido Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow.

Ora, segundo uma fonte da revista norte americana People, próxima do ex-casal, Brad Pitt terá ameaçado o produtor em 1995, quando soube do sucedido (na altura a atriz era sua namorada).

“Nunca mais vais fazer isso com a Gwyneth”, terá dido Pitt na altura, encostando o indivíduo contra uma parede.

Sublinhe-se que Paltrow foi uma das 12 mulheres que deram o seu depoimento ao jornal New York Times, numa investigação levada a cabo por longos meses.

“Ele é um dos únicos homens em Hollywood que enfrentou o Harvey”, completou o contacto da People.

Na época, Paltrow terá recebido uma série de ameaças do produtor a exigir que ela não comentasse o assédio com ninguém: “Ele gritou durante bastante tempo comigo, foi brutal”, afirmou.

Recorde-se que em 1999, Paltrow ganhou o Óscar de Melhor Atriz com o filme ‘A Paixão de Shakespeare’ (1998), produzido por Weinstein.

artigo do parceiro: NM

Comentários