Jolie encontrou-se com arcebispo, mas foi a aparente ausência de sutiã que deu que falar

Era nobre a atitude da atriz, mas a escolha de indumentária ofuscou a mensagem.

Angelina Jolie encontrou-se com o arcebispo da Cantuária Justin Welby em Londres para falar de violência sexual na crise de refugiados nos conflitos no Sudão, mas o encontro deu que falar por outros motivos.

A atriz foi acusada de desrespeito devido à escolha de um sutiã de tecido fino, ou por não ter usado sutiã de todo, que revelou de mais.

As imagens do encontro foram partilhadas no Twitter pelo próprio arcebispo, mas nas redes sociais os internautas não falaram de outra coisa e multiplicaram-se em condenações, com muito poucos a defender a atriz escreve hoje a imprensa cor de rosa norte-americana.

Recorde-se que em 2013, a atriz colocou implantes mamários depois de uma dupla mastectomia preventiva contra o cancro de mama, doença que matou a sua mãe.

“Um privilégio receber a enviada especial da UNHCR [Alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados] Angelina Jolie. Falamos sobre a crise dos refugiados, Sudão do Sul e prevenção de violência sexual em conflito”, escreveu o arcebisposobre o encontro.

artigo do parceiro: NM

Comentários