John Legend e Chrissy Teigen revoltados com rumores de envolvimento em 'anel' satânico

O casal mostrou-se indignado com as histórias que circulavam no Twitter e que davam conta que a filha do casal estaria envolvida numa organização em que decorriam atos de pedofilia.

Chrissy Teigen e John Legend demonstraram o seu descontentamento com a mais recente polémica em que estão envolvidos, devido às acusações Liz Crokin, um utilizador do Twitter que se auto-intitula como “jornalista de investigação” e apoiante da extrema direita.

As acusações indicam que o casal estará envolvido no escândalo ‘Pizzagate’, em que ambos terão incluído a sua filha numa espécie de organização satânica, uma seita na qual decorria pedofilia.

“Obrigada, Twitter, por verificares alguém que essencialmente me acusa (com fotografias da minha filha) de abuso de crianças e pedofilia perante os seus 50 mil seguidores”, afirmou a modelo numa publicação.

O marido também se juntou a Teigen ameaçando com um processo em tribunal todos os responsáveis pela conspiração.

Algum tempo depois do casal denunciar a situação, o Twitter removeu a verificação da página e apagou as contas dos envolvidos nesta teoria.

artigo do parceiro: NM

Comentários