Eliminar tatuagens

Com o passar dos anos, muitas tatuagens perdem o seu significado, tornando-se algo indesejável

Muito famosa entre os jovens, e não só, a tatuagem carrega muitos significados: um amor, uma amizade e até uma convicção política. No entanto, com o passar dos anos, muitas tatuagens perdem o seu significado, tornando-se algo indesejável.

Nestes casos surge uma vontade forte de apagar o desenho inscrito na pele. Até há uns anos atrás a solução cingia-se à cirúrgia ou à dermoabrasão. Hoje podem ser "apagadas" com laser.

As tatuagens são produzidas quando um pigmento exógeno é implantado de forma traumática ou intencional na pele.

A arte de tatuar surgiu na Idade da Pedra e tornou-se popular através do tempo. Hoje em dia, cerca de 20 a 30 milhões de indivíduos no mundo ocidental realizam tatuagens por diferentes propósitos, sugerindo-se uma necessidade intrínseca para este tipo de atitude.

Na sua origem estão implicados diferentes factores, dos quais se destacam a identificação na sociedade, atitude perante uma religião ou a idade do indivíduo.

A tatuagem pode ser amadora, utilizando-se um instrumento para introduzir um pigmento com carbono, ou profissional, com uma máquina eléctrica de agulha vibratória que rapidamente inocula o pigmento densamente concentrado, composto por uma mistura de sais metálicos e corantes orgânicos.

O pigmento se for introduzido de forma superficial é eliminado numa semana pela renovação da própria epiderme. Aquele que é depositado nas camadas mais profundas torna-se permanente, sendo rodeado por uma malha de células do próprio organismo, que impede assim o seu desaparecimento.

Saiba mais na próxima página

Comentários