Edward Enninful: o primeiro homem a assumir direção da Vogue britânica em 100 anos de história

Foi na terça-feira que Edward Enninful assumiu o comando da edição britânica da Vogue, tornando-se o primeiro homem, negro e homossexual a assumir a função de editor-in-chief. O objetivo é dar uma nova imagem à famosa revista de moda.
créditos: DIMITRIOS KAMBOURIS / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

"A Vogue britânica é uma grande revista, com um legado de criatividade e inovação. Tenho muita vontade de continuar a produzir esta revista bonita e emocionante para os leitores", afirmou o ex-modelo e designer de 45 anos, que sucede a Alexandra Shulman.

Enninful, conhecido pelo seu ativismo político e frases provocadoras, conseguiu trazer para a publicação amigos famosos, como é o caso das modelos britânicas Naomi Campbell e Kate Moss, o diretor e artista Steve McQueen, e Grace Coddington, da edição americana da Vogue.

De origem ganesa, Edward Enninful cresceu em Londres, onde deu os primeiros passos no mundo da moda ao trabalhar como modelo. Com apenas 18 anos tornou-se diretor de moda da publicação britânica i-D.

Ao longo dos anos ocupou diversos cargos nas edições italiana e americana da Vogue. Em 2011 tornou-se diretor criativo e de moda da revista americana W Magazine, outra publicação do grupo Condé Nast International.

O seu cão, Ru, um Boston terrier cujo nome é uma homenagem ao drag queen RuPaul, tem a sua própria conta de Instagram onde já conta com cerca de 11.500 seguidores.

Comentários