Quanto tempo de exercício tenho de fazer para queimar os doces de Natal? Um novo guia pode ajudá-lo

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) acaba de lançar o “Guia Saudável – 7 Pecados do Natal”. Trata-se de um guia simples e intuitivo que pretende sensibilizar os portugueses para os excessos alimentares da época natalícia.
créditos: Pixabay

Mais do que censurar estes consumos, o IPDJ propõe soluções de exercício físico simples, acessíveis a todos, para mitigar as consequências dos “pecados” alimentares do Natal.

"O Natal é uma época de convívio e a mesa é o ponto de encontro. É essa a nossa cultura e é importante preservá-la. Porém, importa ter presente que os excessos alimentares têm consequências que, mais do que estéticas, afetam a saúde. Por isso, com este Guia, convidamos os portugueses a mitigar os efeitos dos excessos alimentares do Natal com exercícios simples, quotidianos, acessíveis a todos", começa por explicar Cláudia Reis, responsável de comunicação do IPDJ.

O Natal é uma época de excessos alimentares, não existe forma de esconder essa realidade. Como tal, há que compensar esses excessos porque, ainda que pontuais, têm consequências para a nossa saúde e bem estar.

Veja aindaHá algo pior do que estar grávida no Natal: Acreditar nestes 6 mitos

Saiba maisSeja bem-vindo à “Village Portugais” no maior mercado de Natal da Europa

Leia tambémMaior Pai Natal do Mundo volta a ganhar luz em Águeda

Conheça isto10 dicas dos nutricionistas para combater os excessos no Natal

"Esta ideia surge da nossa missão como Instituto. A promoção atividade física faz parte das competências e atribuições do IPDJ. Tivemos a preocupação de, com este guia, fazer sugestões de atividade física ao alcance de qualquer pessoa, desportista ou não, independentemente das idades. A atividade física é importante para todos", salienta Cláudia Reis.

Evitar indisposições

"Todos conhecemos casos de indisposições, subidas de tensão na sequência de refeições natalícias. É uma época de excessos, sabemos que eles acontecem, mas não nos podemos esquecer que a saúde não tira férias. É essa ideia que o IPDJ pretende passar com este Guia, que convida os portugueses à prática de atividade física simples e acessível a todos. Com ou sem excessos pontuais, recomendamos também que um dos objetivos para o novo ano, seja precisamente centrado na conquista do bem-estar e da felicidade através da atividade física, julgo não é um objetivo muito difícil de cumprir", conclui

O Guia (formato pdf)  pode ser descarregado de forma gratuita na página web do IPDJ.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários