O segredo não está exclusivamente entre as pernas. Aliás, se se pensar bem, os pensamentos, sentimentos e sensações corporais que se têm correlacionam-se com células nervosas específicas do cérebro. O orgasmo ocorre quando as vias específicas do prazer estão 'ligadas' e os de defesa 'desligados' e esta ligação dá-se através de mensageiros químicos e recetores das células nervosas, sendo que a alteração acontece no sistema límbico. Isto dá origem a uma série de sensações e ao clímax, mas nem sempre associado a um orgasmo, já que se tem a ideia pré-concebida que o mesmo só acontece quando há penetração. O corpo tem imensas terminações nervosas e, muitas delas, são descuradas por nós próprios, mas cada um tem a sua maneira de o sentir por isso, não fique surpreendido se alguém lhe disser que teve uma sensação semelhante ao orgasmo quando fazia exercício físico.

Ânus

O nervo pélvico é conhecido por ativar o prazer. Nada como um dedo bem lubrificado para fazer maravilhas.

Beijo

A probabilidade de acontecer com as mulheres é maior. Estimular a boca e a língua faz com que estes fiquem mais ativos e propensos ao orgasmo, tal como o tato, o olfato e paladar.

Tornozelo, pés e gémeos

Lamber, chuchar, beijar, trincar ligeiramente são excelentes preliminares e uma boa estimulação.

Seios e mamilos

Há quem tenha esta zona super sensível e muitas mulheres, por exemplo, com um simples beijo ou toque, podem ser levadas ao orgasmo. Os seios partilham vias neuronais com a vagina e outros genitais, promovendo assim ao cérebro a informação. Não obstante, também os homens podem ter esta zona muito sensível, uma vez que a mesma é rica em terminações nervosas.

Pele sensível

Por vezes pode acontecer, devido a alguma lesão, que em determinado local do corpo a pele tenha ficado mais sensível. Por exemplo, uma pessoa é capaz de ter um orgasmo se ligar um vibrador e o encostar a essa zona.

Orelhas e nuca

A parte de trás da orelha é extremamente sensível e quando estimulado é fruto de grande excitação. Tal como as trincas na nuca...

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.