Lá por não estar num relacionamento não significa que tenha de 'abrir mão' da sua vida sexual. Até é uma boa altura para experimentar outras formas de ter prazer sem se vincular emocionalmente.

O sexo casual é excelente para mulheres que estão bem com elas próprias, que entendem as suas necessidades físicas e sexuais e, por conseguinte, resolvem tomar uma atitude para se satisfazerem. Tem tudo a ver com aquele determinado momento em que estão de mente aberta para conhecerem novas pessoas, novas formas de prazer, sem terem de se envolver emocionalmente. Claro que pode ser durante um determinado período, desde que ambas as partes estejam cientes que não há nenhum tipo de compromisso.

Para que tal corra da melhor maneira possível e que se possa usufruir de um bom sexo casual, nada como:

Não criar expetativas

Se há regras, esta é chapa cinco! Tudo irá fluir melhor se tiver em mente que a única coisa que interessa é que se divirta e tenha muuuuito prazer, sem as obrigações do dia seguinte. A sua mente tem de estar livre disto tudo.

Escolher bem a pessoa

Bom, quer-se bom sexo e o casual não tem de ser algo mecânico, ou seja, escolha alguém com quem passe um bom bocado, tenha o mínimo de assunto e que a faça rir.

Soltar amarras

Se há coisa que o sexo casual tem de bom é que não tem de ver mais a pessoa portanto, entregue-se de corpo e alma, sem qualquer tipo de pudor ou vergonhas porque só assim irá desfrutar da coisa a 100%. Livre-se do peso moral e de qualquer outro pensamento.

Pedir

Como à partida o sexo casual está definido para ambas as partes, a comunicação acaba por ser mais direta e mais fácil por isso, peça o que lhe apetecer. Não se retraia nem se preocupe porque no dia seguinte não vai haver nenhum tipo de comentário ou questionário.

Certificar-se

Certifiquem-se que estão em sintonia para um 'one night stand'. Más interpretações podem gerar confusões e até dissabores, e não é isso que se pretende.

Proteger-se

Bom... esta nem precisava de estar aqui, mas nunca se sabe! Usar preservativo é condição sinequanone ou é preciso enumerar a quantidade de doenças sexualmente transmissíveis ou uma gravidez indesejada?

Não ter uma paixoneta por alguém

Por vezes há aquele amigo ou amiga por quem se tem uma 'queda' e até se pensa em... pense de novo! Não! Costuma ser uma péssima ideia, até porque inevitavelmente e inconscientemente vai criar falsas esperanças e expectativas. Toda a relação sexual consentida envolve a libertação de ocitocina, a hormona do 'vínculo' portanto, se já há uma paixãozita, a coisa vai piorar.

Estar bem consigo mesma

Caso ande numa fase onde se questiona muito acerca da sua vida afetiva, se quer à força toda arranjar alguém, se olha para o relacionamento dos seus amigos, o melhor é não avançar porque vai magoar-se no percurso. O risco de ver na outra pessoa a “bóia de salvação” vai ser grande, pelo que o melhor é abster-se. Resolva primeiro a sua vida e os seus sentimentos antes de se envolver com alguém.

Não ser uma romântica incurável

Se já sabe que gosta das atenções do dia seguinte e acha que vai encontrar o príncipe encantado, o melhor é nem tentar. O sexo casual não é para si. Espere para conhecer uma pessoa que a possa satisfazer a todos os níveis e não apenas no sexual.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.