Locais inacessíveis, acumulação de objetos e falta de seleção regular do que temos em casa são alguns dos princípios para que um lar se torne menos limpo mais rapidamente.

Existem alguns objetos ou espaços da casa que têm mais tendência para a acumulação de bactérias e sujidade. Estes precisam de uma atenção redobrada para que consigamos ter um espaço sempre limpo e saudável. Espaços com pó, como muitos sabem, são espaços perfeitos para as alergias.

1. Almofadas da cama

As almofadas e travesseiros que temos na nossa cama são um perigo pela quantidade de pele morta, cheiros e ácaros que acumulam. Lave-os regularmente e coloque-os ao sol sempre que possível, para mantê-los limpos e sem odores.

2. Tábuas de corte

A cozinha e todos os seus utensílios merecem uma atenção especial. Se é o local onde preparamos o que vamos ingerir, não se descuide na limpeza e higienização das tábuas de cozinha, pois o corte regular de carnes, vegetais, etc, podem acumular mais bactérias do que imaginamos.

3. Máquina de lavar roupa

Sabe por que razão as nossas roupas lavadas por vezes podem não estar o mais limpas possível? Porque as máquinas de lavar estão quase sempre molhadas ou húmidas, o que as torna o território ideal para as bactérias. A minha sugestão é fazer a limpeza da máquina regularmente e, sempre que houver possibilidade, deixar a porta aberta para a secar o máximo possível.

4. Tapetes e carpetes

Eu sei, estes elementos mantêm um espaço acolhedor e transformam completamente o ambiente de uma sala ou de um quarto, mas os tapetes de nossa casa são um dos principais e maiores focos de acumulação de bactérias. Para combater essa acumulação terá que lavá-los o mais regularmente possível. Também sugiro que não utilize sapatos no interior de casa.

5. Telemóvel

Sim, esse telemóvel que utiliza todos os dias poderá estar cheio de bactérias se não fizer uma limpeza correta diariamente ou semanalmente. Este poderá ser o objeto mais sujo que utiliza todos os dias. Mexemos regularmente com as mãos no ecrã que rapidamente é colocado junto à nossa face quando atendemos chamadas, e consequentemente junto aos olhos, nariz, orelhas e lábios. A sugestão é limpá-lo com álcool diariamente e evitar ao máximo levar o telefone para a casa de banho.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.