De acordo com o jornal espanhol "El País", a menina ficou esquecida no carro, desde as 8h30 horas da manhã de quarta-feira (07h30 em Lisboa), quando o pai entrou ao serviço. Segundo fontes policiais, o progenitor não deixou a criança no infantário como habitualmente faria todas as manhãs.

Quando a mãe se deslocou à creche para ir buscar a criança, já por volta das 16h00 (menos uma hora em Lisboa), os educadores disseram-lhe que a criança não tinha sido entregue pelo pai naquela manhã.

Segundo o "ABC", a mãe terá contactado o pai da criança e percebido que este se tinha esquecido da criança no interior do carro. Quando chegou ao local, a menina estava já em paragem cardiorrespiratória.

Os serviços de emergência de Madrid tentaram reanimar a criança, durante 45 minutos, mas sem sucesso, escrevem os média espanhóis.

A Polícia Nacional deteve o pai da criança e está a investigar o caso. O homem está a receber ajuda psicológica.

Outros casos

O caso é o segundo do género em menos de dois meses em Espanha. Em Maiorca, uma criança morreu em agosto na sequência de um golpe de calor após ter sido esquecida pelo avô durante oito horas num veículo.

Em 2009, um caso semelhante em Aveiro, levou à morte de uma criança de nove meses.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.