O projeto foi apresentado em Paris, a 24 de abril, pela LEGO Foundation e a LEGO Group, embora a ideia tivesse surgido já em 2011, sugerida pela Associação Dinamarquesa dos Cegos.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, existem cerca de 1.4 milhões de crianças cegas no mundo e, infelizmente, nem todas chegam a aprender a língua tátil dos cegos, o braille.

Com o lançamento desta nova coleção de blocos, a LEGO, pretende tornar esta língua mais acessível a todos, crianças e adultos, com e sem problemas visuais.

Serão cerca de 250 blocos marcados em braille com o alfabeto completo, números de zero a nove e alguns símbolos matemáticos, totalmente compatíveis com os blocos LEGO comuns.

Cada peça estará também identificada com os carateres impressos correspondentes, para que crianças com e sem deficiências visuais possam brincar e aprender em conjunto.

O produto está neste momento em fase de teste, em dinamarquês, norueguês, inglês e português, contando-se que no final do ano seja testado também em alemão, espanhol e francês.

O lançamento dos kits "Braille Bricks" para o mercado está previsto para 2020.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.