Uma mulher grávida, sobretudo quando a gestação se encontra em estado avançado, costuma chamar a atenção e os comentários que ouve nem sempre são os mais simpáticos. Seja por falta de sensibilidade ou distração, é fácil magoar uma futura mãe com uma observação menos oportuna. A Reader´s Digest compilou uma lista de comentários que não se deve fazer a uma mulher à espera de bebé.

Parece que vai expodir!

Esta é a última coisa que uma mulher em estado adiantado de gestação precisa de ouvir, especialmente quando as suas hormonas estão “aos saltos” e não consegue caber na sua roupa mais larga.

Aproveite para dormir tudo agora.

…o que significa, para uma grávida, “você nunca mais vai dormir bem”. As futuras mães estão bem cientes das noites que as aguardam. Não precisam de que as lembrem disso.

Divirta-se enquanto pode.

Claro que a vida muda – e muito – mas ainda haverá espaço para os seus hobbies, só tem de aprender a planear melhor.

Está a planear amamentar, certo?

Para uma grávida, isto soa mais ou menos assim: “Se não amamentar, será a mãe mais horrível à face da terra.” A verdade é que a maneira como uma mãe escolhe alimentar o filho é uma decisão muito pessoal, e só ela sabe o que é melhor para ela e para o seu bebé.

Oh, tem varizes!

Se perceber que uma mulher grávida ostenta algumas varizes, manchas de pigmentação ou outro problema relacionado com a gravidez, não diga nada. Como se costuma dizer, às vezes mais vale estar calado.

Uau, você estava mesmo com fome…

Tradução: “Acabaste de engolir comida suficiente para uma equipa de futebol, sua gorda.” Por favor, tenha em mente que uma mulher grávida está sempre com fome. E isso não é mau: é suposto as mães consumirem um extra de 300 calorias diárias por cada bebé que carregam, ainda mais se forem muito ativas. Abstenha-se de comentários.

Gémeos? Que trabalheira!

As pessoas adoram apontar os aspetos negativos de ter gémeos: o trabalho duro, as noites longas sem dormir, etc. Se está à espera de gémeos, tente não fazer caso. Pense nas compensações. Problema a dobrar, sim, mas também o dobro do amor.

Mas há gémeos na família?

Tradução: “Concebeu os bebés naturalmente, ou recorreu a tratamentos de fertilidade?” O que é que isso importa? Nada.

Pena que não sejam rapaz e rapariga; assim ficava despachada

O número de vezes que uma mãe à espera de duas raparigas ou dois rapazes gémeos ouve esta frase é impressionante. Como se ter pelo menos um filho de cada sexo fosse a única forma digna de começar uma família.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.