O bebé nasceu de parto natural, sem fórceps ou ventosas, e a mãe - mesmo depois de ter sido avisada sobre o tamanho da criança - rejeitou ser anestesiada. A notícia é avançada pelo El País, que cita informações divulgadas pelo jornal russo "Caucasus Post".

Ver artigo

Segundo um comunicado do Ministério da Saúde regional daquele país, os pais, cujos nomes não foram revelados, recusaram-se a dar entrevistas e desconhece-se, por isso, o nome que deram à menina.

Um bebé é considerado "gigante" a partir dos cinco quilogramas, escreve o jornal espanhol.

Quando os bebés pesam mais de quatro quilos são considerados portadores de macrossomia fetal, correndo maior risco de problemas reumatológicos, cardíacos e outras malformações congénitas. Em alguns casos, os partos têm de ser provocados por falta de espaço no útero, o que representa risco para a mãe e bebé.

Fatores que influenciam tamanho do bebé

Entre os principais fatores que influenciam o tamanho dos recém-nascidos estão a duração da gestação, a altura dos progenitores, a dieta da progenitora e possíveis complicações durante a gravidez, como hipertensão arterial ou diabetes gestacional.

Segundo o livro de recordes do Guinness, o maior bebé do mundo nasceu com 10,2 quilos, em Itália, em 1955.