Foi em conversa com Piers Morgan que Cristiano Ronaldo abordou um dos assuntos mais mediáticos no último ano, quando o caso da alegada violação contra o craque foi reaberto em setembro do ano passado.

Um assunto que o futebolista não se inibiu de comentar durante a entrevista ao programa 'Good Morning Britain', tendo confessado que se sentiu "envergonhado".

"Brincaram com a minha dignidade. É difícil. Tens namorada, família, filhos. Quando brincam com a tua honestidade, é mau, é difícil", desabafou, recordando um episódio em que tentou esconder dos filhos as notícias sobre caso, sobretudo do mais velho, Cristianinho, de nove anos.

"Lembro-me de um dia em que estava em casa, na sala de estar, com a minha namorada a ver televisão para ver as notícias sobre mim e ouvi os meus filhos a descerem as escadas. Mudei logo de canal porque estava envergonhado. Sentia-me envergonhado. Mudei de canal para o Cristiano Jr. não ver que estavam a falar mal do pai dele. Sobre um caso muito mau", lembrou, afirmando que toda esta situação o fez "sentir-se muito mal".

Num outro excerto também divulgado na conta oficial do programa no Twitter o craque recorda o pai em lágrimas.

Leia Também: Georgina Rodríguez e os filhos em Madrid. As fotos do passeio em família

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.