A queixa de violação contra Cristiano Ronaldo feita por Kathryn Mayorga terá sido retirada, avança a Bloomberg. Segundo a publicação terá sido a alegada vítima a desistir das acusações, terminando assim, de forma discreta, o seu envolvimento no mediático e polémico processo.

Importa sublinhar que o processo foi reaberto no ano passado, após a norte-americana denunciar uma alegada violação do craque português em 2009, num hotel em Las Vegas, após os dois se terem conhecido numa discoteca.

Recorde-se que assim que o caso tornou-se do conhecimento público, Ronaldo fez questão de negar as acusações, afirmando estar inocente e sublinhando que o envolvimento foi consentido por ambas as partes.

A Bloomberg não sabe, no entanto, se os envolvidos chegaram a acordo uma vez que o documento apresentando em tribunal, ainda no mês passado, não refere tal coisa.

Até ao momento, as autoridades de Las Vegas não comentaram o assunto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.