São conhecidos novos pormenores sobre a polémica com Lori Loughlin. A atriz, indiciada por crime de fraude, pagou uma fiança de um milhão de dólares - 883 milhares de euros - para sair em liberdade.

Lori foi detida na tarde desta quarta-feira, um dia após ter sido indicada como um dos mais de 40 nomes acusados nos Estados Unidos de subornarem instituições de ensino.

Também o marido da atriz, o designer Mossimo Giannulli, é apontado como outro dos nomes.

Em causa estão acusações de suborno a instituições de ensino superior. Consta que o casal terá pago para que os seus filhos adquirissem graus académicos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.