Em meados deste mês, Céline Dion perdeu a voz em palco. Depois de ter adiado seis concertos e de ter passado três semanas em convalescença para curar uma infeção na garganta, a cantora retomou a atual digressão em Otava, capital do Canadá, mas teve dificuldade em atingir algumas das notas mais agudas. Em entrevista a um programa de televisão, Jean Abitbol tranquilizou os fãs, apesar de os culpar pela doença da artista.

"Ela tem o direito de estar cansada. Tem andado a dar a volta ao mundo e, a dada altura, à semelhança das outras pessoas, apanhou um vírus", esclareceu o otorrinolaringologista que a acompanha. "O problema é que ela é uma diva e as pessoas não lhe perdoam o facto de se sentir cansada. O público exige-lhe cada vez mais. São como vampiros", criticou o médico da cantora, que assinalou o aniversário dos filhos gémeos nas redes sociais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.