Foi através do seu podcast, transmitido no Spotfy, que Michelle Obama revelou aos seus ouvintes que está a sofrer com uma "depressão de baixo grau".

O tema surgiu no âmbito de uma conversa com a jornalista Michele Norris sobre saúde mental e acabou por ser aprofundado pela antiga primeira-dama dos Estados Unidos da América.

Michelle explica que o seu estado emocional não se deve apenas ao período de quarentena mas também à forma como nos EUA tem sido abordado "o conflito racial".

"Ver este governo a assistir à hipocrisia disto, dia após dia, é desanimador", lamenta a mulher de Barack Obama, não poupando críticas ao governo liderado por Donald Trump.

"Devo dizer que acordar com as notícias, acordar com a forma como este governo respondeu ou não, acordar com mais uma história de uma homem negro, de alguma forma, desumanizado, ferido, morto ou acusado falsamente de algo, é exaustivo. E levou a um peso que não sinto na minha vida há algum tempo", acrescentou.

Por fim, Michelle explica que para ultrapassar esta fase delicada tem contado com o apoio da família e dos seus amigos mais próximos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.