Elton John lançou uma nova biografia intitulada - 'Me: Elton John' - na qual faz algumas revelações que surpreenderam os seus fãs.

O artista, que se encontra sóbrio há 29 anos, chegou a ser viciado em álcool e drogas e foi precisamente sobre essa fase mais negra da sua vida que falou no novo livro.

O próprio revela que uma vez bebeu tanto e consumiu tanta cocaína num curto espaço de tempo, que destruiu o quarto do assistente, sem ter memória disto.

Tudo aconteceu em junho de 1983, em Cannes, França. "Ele abriu a porta para mostrar a cena de total devastação. Não havia um único móvel intacto, à exceção da cama", lembra.

"Eu disse: 'o que é que aconteceu?' Houve uma longa pausa. 'Elton', ele disse. 'Tu aconteceste'. O que é que ele queria dizer com aquilo? Não conseguia perceber como é que aquilo tinha a ver comigo. A última coisa que me lembrava era que estava no bar", relata o artista.

Consta que Elton terá tido o surto quando o assistente insistiu que tinha de se ir vestir. Em vez disso, destruiu o quarto, até que acabou por desmaiar. A lição que o artista tirou na altura foi nunca mais beber vodka martinis, ironicamente.

Leia Também: Elton John já esteve às portas da morte por causa de uma infeção

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.