Decorre esta quinta-feira, dia 6, em Madrid o julgamento de Shakira relacionado com a acusação que enfrenta por, alegadamente, defraudar a administração fiscal em 14,5 milhões de euros.

Na chegada ao tribunal, a cantora fez os possíveis para fugir aos paparazzi que a aguardavam no local.

Contra a ordem da juíza, que havia estabelecido que Shakira teria de entrar pela porta principal do tribunal “como qualquer cidadã comum”, esta alugou um lugar de estacionamento no prédio onde decorria a audiência. O seu objetivo era conseguir entrar por dentro do edifício e assim fugir aos fotógrafos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.