Empreendedoras, cheias de garra e atitude, são as 5 mulheres mais admiradas no mundo da moda. Conheça um pouco melhor cada uma delas e deixe-se inspirar.

Iris Apfel

Conhecida por muitos, pelo seu estilo exuberante e inconfundível, Iris Apfel é a it girl com mais idade do momento. Sim, mesmo com 96 anos continua a ditar tendências e a inspirar o sexo feminino de todas as faixas etárias. Designer de interiores e um verdadeiro ícone de moda, Iris teve uma empresa têxtil e fez parte do projeto de decoração da Casa Branca durante nove mandatos presidenciais. Após a sua reforma, decidiu colecionar acessórios e peças de roupa, enquanto viaja pelo mundo inteiro. Pode ficar a conhecer um pouco mais sobre a vida desta mulher inspiradora, através do seu documentário.

Miuccia Prada

Diretora criativa de marcas de renome como: Prada e Miu Miu, Miuccia é formada em Ciências Políticas e desde que herdou o ‘império’ italiano - Prada - tem vindo a desenvolver um trabalho incrível. Das malas, para o calçado, do calçado para coleções prét a porter  femininas e para acessórios masculinos, até ao império atual, tendo sido considerado um dos mais desejados de sempre.

Natalie Massenet

Criadora da maior loja online de luxo feminina – Net a Porter, Natalie é formada em Letras e já colaborou com na revista Women’s Wear Daily (WWD) e foi assistente da criadora Isabella Blow. Anos mais tarde, lançou a versão masculina da Net a Porter – Mr. Porter, bem como o Outline e a revista de moda Porter. Após uma concorrência direta com a Farfetch que veio a desenvolver uma fusão com a mesma, Natalie Massenet deixou a Net a Porter e passou à posição de vice-presidente do grupo e presidente do British Fashion Council.

Coco Chanel

A lendária Coco Chanel, é conhecida como a grande referência do estilo clássico. Chanel, redefiniu o conceito de moda, ao se destacar de tudo aquilo que já tinha sido feito. Trouxe a liberdade com as suas criações e conseguiu criar peças que hoje em dia ainda são consideradas atuais. Introduziu o vestuário masculino no feminino, como as calças, blazers e casacos sem descurar a feminilidade. Coco Chanel fez a diferença e deixou a sua marca no universo da moda.

Sophia Amoruso

Com apenas 22 anos, Sophia Amoruso lançou a sua marca de moda vintage no Ebay e rapidamente tornou-se viral. A marca Nasty Gal transformou-se num fenómeno do digital ao chegar a valores de vendas como 100 milhões de dólares. Mais tarde, Sophia escreveu o livro #Girlboss onde explica a sua trajetória e incentiva as mulheres a serem mais empreendedoras. Na mesma época, foi também lançada uma série na Netflix inspirada no seu livro #Girlboss.

Em 2015, Sophia abandonou o cargo de presidente para que a empresa fosse reestruturada financeiramente e no ano seguinte a marca diminuiu o volume de vendas, o que conduziu à sua falência. Em 2017, depois do sucesso da série na Netflix, a marca foi comprada pela Boohoo. Apesar de não ter tido um final feliz com a marca que fundou, Sophia assume os seus erros e afirma que vai lançar um livro onde explica que é nos erros que retiramos a aprendizagem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.