Antes de entrar num spa e usufruir dos benefícios que estes tempos de beleza, saúde e relaxamento lhe oferecem, é importante saber o que deve fazer para aproveitar totalmente a experiência, assim como qual o tratamento mais indicado para si. Para cumprir esse primeiro objetivo, o ideal é aproveitar o contacto inicial para colocar todas as suas dúvidas, como aconselha a consultora de spa, Valérie Reysset.

"Saiba qual o tratamento mais adequado às suas necessidades, a hora de chegada ao spa e se é necessário ir com algum tempo de antecedência. Não se esqueça de perguntar quais as políticas de cancelamento do tratamento e, em caso de ter algum problema de saúde, mencione-o", sugere. O sucesso de cada sessão não depende, contudo, apenas de si. Há outros detalhes que tornam uma ida ao spa memorável.

Ambiente

A partir do momento em que entra num, as atenções estarão centradas em si. "Para isso, é criado um ambiente muito especial, quer ao nível do aroma, quer no que toca à música envolvente", conta Joana Vale, terapeuta de spa, segundo a qual há ainda outros fatores mais importantes. "O sorriso e a simpatia são fundamentais na receção do cliente. Esta é a primeira regra a respeitar dentro de um spa", diz.

Conforto

Segundo Joana Vale, um bom terapeuta preocupa-se com a preparação da sala onde se vai realizar o tratamento. "Tenho sempre em atenção a luminosidade, a temperatura e o volume da música", assegura. Conforto é a palavra-chave a ter em conta durante todo o tratamento, pelo que, se ao entrar na sala, achar que a temperatura é inadequada ou a música não a vai deixar relaxar, deve informar a terapeuta.

Preparação

Idealmente, o banho deve ser sempre tomado antes do tratamento, ainda que muitas pessoas prefiram fazê-lo também depois, nomeadamente na sequência de uma massagem que implique a aplicação de óleos. Contudo, segundo a Valérie Reysset, "não é aconselhável fazê-lo depois da sessão, pois irá restringir os benefícios e efeitos dos produtos aplicados".

Joana Vale é da mesma opinião, deixando um conselho complementar. "Opte por retirar apenas o excesso com uma toalha", aconselha. Ao fazê-lo, permanece com os óleos aplicados no corpo, prolongando a sua ação e usufruindo por mais tempo das suas propriedades terapêuticas e do seu aroma.

Vestuário

Na hora de escolher a indumentária, tenha em conta que o que realmente importa é sentir-se confortável. Caso o espaço o permita, geralmente a pessoa despe-se no vestiário mas depois encontra à sua espera, na sala onde o tratamento
se irá realizar, uma cueca descartável e uma touca para usar, se assim o desejar. Apesar de não serem muito populares, fazem parte do ritual.

Como explica Joana Vale, "é sempre oferecida essa possibilidade para que haja maior conforto, independentemente
do tratamentos". A roupa mais indicada pode, contudo, depender do tratamento, como refere a terapeuta. "A massagem de shiatsu, por exemplo, é realizada com roupa confortável, como uma t-shirt, calças de fato de treino e meias", sublinha a especialista.

Sinais

O terapeuta deve estar sempre atento ao que o cliente quer transmitir. Por isso, não tenha receio de o abordar no decorrer do tratamento e explicar-lhe, mesmo por gestos, que algo a incomoda. "Existem sempre sinais não verbais aos quais estamos atentos", diz Joana Vale que, em caso de dúvida, dirige-se à cliente para confirmar se está tudo bem.

Valérie Reysset acrescenta ainda outro pormenor. "Se o cliente está incomodado por qualquer motivo, deve comunicá-lo imediatamente à terapeuta, para que faça as correcções necessárias e não provoque nenhuma lesão ou constrangimento", recomenda. No final, dê o seu feedback para que, no futuro, tudo corra da melhor maneira.

Queixas

Se não ficar satisfeito com o resultado ou algo a tiver incomodado, a melhor atitude a tomar é ser direto. "Se um cliente não estiver satisfeito com alguma coisa e quiser apresentar alguma sugestão, deverá fazê-lo sempre com o terapeuta", aconselha a terapeuta. "Em caso de ser algo relacionado com o espaço, deverá dirigir-se à recepção do spa ou pedir para falar com o responsável", acrescenta ainda.

Casos especiais

No spa, preencha cuidadosamente o questionário sobre o seu estado de saúde e nunca deixe de alertar o terapeuta especialmente para as seguintes situações:

- Gravidez

- Problemas cardíacos e arteriais

- Epilepsia

- Diabetes

- Asma

- Varizes

Texto: Raquel Pires com Joana Vale (terapeuta de spa) e Valérie Reysset (consultora de spa)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.