Que horas são? A pergunta, apesar da generalização dos telemóveis, continua a ser recorrente. Mais do que informar sobre os minutos exatos, uma pergunta como esta permite exibir uma das peças que mais determina o seu look, o relógio. Será que o modelo que traz no pulso faz jus ao seu visual? Se gosta de conjugar os acessórios saiba que, nos dias que correm, é importante ter um stock de modelos à altura do desafio.

Como sugere Olga Pinto, consultora de moda, a explicação é simples. "De design cada vez mais arrojado e apelativo, multi-funcional e segundo as tendências da moda, o relógio é um instrumento cada vez mais fashion", assegura. "Assim, em cada ocasião, seja trabalho, um evento e/ou lazer, poder-se-à variar de modelo, cor e estilo, para combinar com o vestuário", acrescenta ainda.

E é isso mesmo que lhe propomos de seguida. Três variedades de relógios para três situações diferentes. Depois de ler o artigo até ao fim e de ver a galeria de imagens que lhe apresentamos ao lado, só lhe resta escolher o favorito.

E, já agora, sabia que, para se poder adaptar da melhor maneira a qualquer situação, cada mulher deveria ter, em média, três relógios? De acordo com muitos especialistas em moda e acessórios nacionais e internacionais, esse é o número médio a respeitar!

Os modelos que deve usar para o trabalho

Ao contrário dos recomendados para as restantes ocasiões, é fundamental que os modelos escolhidos, mais simples, mais depurados e mais minimalistas, lhe confiram um ar executivo e profissional. "Os modelos clássicos, elegantes e intemporais de bracelete em pele ou aço, com mostrador sóbrio, nas cores preto, castanho, prata e ouro são indicados para quem tem um estilo formal e exigente", aconselha Olga Pinto.

Os modelos mais indicados para o lazer

Se prefere o estilo informal, mas aprecia conjugar bom gosto com aspeto prático, pode apostar na cor dos acessórios, como diz a consultora. "Use com bijutaria e artesanato relógios com motivos e temas variados, que poderá alternar. Há marcas com braceletes em fibra, em tecido ou em pele e com mostradores amovíveis para combinar com a roupa", sugere ainda a especialista portuguesa.

O relógio perfeito para cada ocasião

Nos momentos de maior dinamismo e ação, prefira modelos mais robustos, "adaptados a desportos radicais com cronógrafo e cronómetro, braceletes e mostradores protegidos por borracha e aço", refere a consultora. "Nestes modelos, as cores são fortes e inspiradas na natureza, à base de verde, castanho, laranja, amarelo e azul, com pormenores de preto para realçar", afirma ainda Olga Pinto.

Os modelos adequados para as festas

Se pretende seguir o último grito da moda, deve apostar nos modelos de design e extremamente decorativos, ideais para usar em eventos, como os modelos elegantes, exclusivos e sedutores das últimas coleções. "Relógios com pulseira, rígida ou maleável, larga como o punho ou finíssima, tal como os mostradores em formas geométricas, abstratas ou ovais, onde o high-tech e o feminino se combinam", exemplifica Olga Pinto.

Para um resultado perfeito, como não podia deixar de ser, as cores devem estar intimamente ligadas ao vestuário e também aqui há regras a seguir. Pode optar por "brilhos em dourado, prateado e cobre, tons pastel ou cores fortes e padrões pop art", sugere a especialista. "Existem ainda modelos que podem ser usados não só no pulso, como em colares e até nos cintos", sugere ainda a consultora.

O relógio perfeito para cada ocasião

Texto: Manuela Vasconcelos com Olga Pinto (consultora de moda)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.