O Casino Estoril, em Portugal, será palco no próximo dia 25 de outubro da 5ª gala de eleição da Miss CPLP.

Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Portugal, São Tomé e Príncipe e Brasil serão os países representados sendo que Cabo Verde e Brasil concorrem com uma candidata cada ao contrário dos restantes países que fazem-se representar por duas beldades. Timor-Leste fica de fora desta edição.

O concurso, realizado em parceria com o INPortugal, mudou o seu conceito dando maior relevância aos projetos que as candidatas apresentam perante os jurados sendo que os projetos devem revelar-se "inovadores", "simples", "exequíveis" e "de interesse para a sociedade".

"O INPortugal vai apoiar estas mulheres oferecendo à vencedora a possibilidade de desenvolver o seu negócio e projeto de empreendedorismo enquanto atua como um modelo exemplo na sua comunidade e ajudando outras mulheres a crescer no seu projeto de vida", explica a organização.

Outra das novidades desta edição prende-se com a forte aposta no incentivo à prática desportiva. A organização pretende realçar a vertente cultural e a componente desportiva (desfile de traje desportivo) eliminando assim os desfiles de fatos-de-banho ou bikinis.

Decorre, desde o dia 8, no site oficial do evento, uma votação na qual cada pessoa apenas pode votar três vezes e uma vez por semana até às 00h00 do dia 24 do corrente, segundo a organização.

A gala está marcada para as 20h (de Lisboa) no próximo dia 25 e o valor de ingresso (com jantar incluído) custa 35 euros. O evento vai contar com participação de artistas como Paul G (Angola), Big Carlos (Guiné Bissau), Sacajjama (Brasil), grupo Sakofa e ainda a animação da Dj Alexxia.

Recorde-se que em 2018 não aconteceu a eleição da Miss CPLP e ocupa atualmente o trono a eleita de 2017, a cabo-verdiana Cristilene Pimenta.

CONHEÇA AS CANDIDATAS PARA ESTA EDIÇÃO DO CONCURSO:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.