Um dos truques é a companhia. Os estudos mostram que treinar com amigos ou familiares ajudam a reduzir os níveis de stress e a manter a motivação para ir ao ginásio. Por um lado, a interação social torna o ambiente mais agradável, o tempo passa mais rapidamente, o que aumenta a vontade de regressar.

A competição saudável que se gera leva o individuo a querer superar-se, o que o mantém focado nos objetivos e com vontade de aparecer nos treinos e melhorar os recordes pessoais. Por outro lado, ao combinar com o amigo assistir a uma aula ou treino, torna-se mais provável manter o plano já que não quererá deixar o colega sozinho.

Ele aguarda-o no ginásio contando com a sua companhia e motivação. Podem até aproveitar para desabafar sobre os problemas do dia a dia e no final fazer uma refeição juntos. Para além de melhorar a saúde, a atividade ainda dará um novo ânimo à sua vida social.

Por outro lado, quando está sozinho, é natural que pense que chegou ao seu limite. Caso veja alguém fazer melhor, a reação natural é tentar superar ou pelo menos igualar o companheiro de treino. A competição, quando saudável é algo bom e natural das pessoas. Se encarada com otimismo levará a criar novos objetivos e superar metas.

As palavras de apoio são essenciais. Deverá ajudar o parceiro utilizando expressões de motivação como “tu consegues” ou “só mais um esforço”. Deve no entanto evitar usar expressões que contenham palavras negativas, mesmo quando o objetivo é motivar. Alguns exemplos disso são as expressões como “não desistas” e “não falta muito”.

Evite palavras como “não” e “desistir”. Troque-as por expressões como “já estás quase”. Usar palavras positivas aumenta a autoestima e a motivação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.