As férias são por norma um período onde saímos da rotina e modificamos alguns hábitos, incluindo as atividades físicas. Mesmo para atletas profissionais ou de alta-competição, este momento tem a sua importância, para restabelecer índices físicos e mentais para resistir aos treinos mais exigentes durante a fase competitiva. Mas para a maioria da população, que não participa em atividades competitivas, as férias apenas representam um momento de pausa, lazer e muitas vezes de sedentarismo que até pode ser acompanhado de um aumento de peso (massa gorda) ou perda de massa muscular.

O regresso de férias marca uma fase do condicionamento físico que varia consoante o caso. Para os atletas de competição, este período passa por um aumento das capacidades físicas básicas, como a resistência e força, de uma forma geral e progredindo rapidamente para situações específicas da modalidade em causa.

Para todos os que não têm a urgência do plano competitivo, esta fase pode ser mais gradual e aproveitar para realizar atividades que não fazem habitualmente durante o ano, como danças, hidroginástica, yoga ou mesmo experimentar modalidades novas como o Antigravity ou Float Fit.

Quer voltar a treinar? O exercício físico depois das férias de verão
créditos: Holmes Place

Estas atividades diferentes vão ajudar a repor os níveis de resistência e força lentamente, ao mesmo tempo que desenvolvem diferentes padrões motores úteis em qualquer tipo de aprendizagem. Esta fase pode durar até dois meses, dependendo da condição física inicial, progredindo para uma fase de treino de resistência um pouco mais específica com trabalho de pesos/resistências. Neste período, o peso ganho durante as férias já deve estar normalizado e segue-se uma fase de aumento de massa muscular com um treino mais hipertrófico (cargas mais pesadas com um estímulo muscular maior).

Sugestão de treino pós férias:

Treino pós férias

Bons treinos!

Paulo Quin - Regional Master Trainer Holmes Place

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.