A notícia é avançada pelo canal australiano BNN Bloomberg que informa que a gigante dos refrigerantes está em conversações com a produtora de canábis Aurora Cannabis para desenvolver novas bebidas.

Fundada em 1886, nos Estados Unidos da América, a Coca-Cola admite estar a prestar especial atenção às bebidas com infusão de canabidiol (CBD), um ingrediente presente na marijuana sem características psicoativas e usado no tratamento da dor.

"Assim como muitos outros na indústria das bebidas, nós estamos muito atentos ao crescimento do canabidiol como parte de uma bebida para melhorar o bem-estar", revelou a empresa num comunicado divulgado ontem.

O canabidiol é um ingrediente presente na canábis e, para além de ser usado no tratamento da dor, tem outras potencialidades terapêuticas, nomeadamente no campo das doenças oncológicas e neuromusculares.

Não é a primeira vez que empresas de bebidas se interessam pela canábis. No início do ano, a gigante de cervejas Molson Coors Brewing anunciou que ia recorrer a esta planta para fazer novas bebidas, enquanto a produtora da cerveja Corona investiu cerca de 4 mil milhões de dólares para aumentar a sua participação na produtora canadiana de canábis, Canopy Growth.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.