Este valor, considerado fundamental pelas autoridades para atenuar as medidas de contenção no país, chegou a ser de 0,65 na quinta-feira. Ainda assim, e depois de registar durante vários dias mais de 1.000 novos casos, hoje o RKI regista um abrandamento desta subida com 667 infeções nas últimas 24 horas.

No total, a Alemanha calcula agora 169.218 casos diagnosticados e 7.395 vítimas mortais, com um aumento de 26 óbitos em relação ao dia anterior.

O número aproximado de pessoas consideradas curadas é agora de 144.400, com um crescimento estimado de 1.100.

Este sábado, milhares de manifestantes contra as medidas de distanciamento social impostas pelo governo concentraram-se em várias cidades alemãs. Em Estugarda, Berlim, Frankfurt e Munique a polícia foi obrigada a deter vários cidadãos.

Também na cidade de Dortmund, uma equipa de jornalistas foi atacada por um grupo considerado de extrema-direita. Na capital, uma centena de polícias prendeu cerca de 30 pessoas por não cumprirem o distanciamento obrigatório. Em Munique, foi autorizada uma manifestação de 80 pessoas, mas, na Marienplatz, acabaram por concentrar-se mais de 3 mil.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 276 mil mortos e infetou mais de 3,9 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.126 pessoas das 27.406 confirmadas como infetadas, e há 2.499 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, vários países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.