A formação resulta de um memorando de entendimento assinado hoje pela Ordem dos Médicos de Moçambique, o Serviços de Emergências Médicas de Moçambique, a Associação Espanhola de Cirurgiões e o Colégio Americano de Cirurgia.

O memorando de entendimento visa "garantir o início da formação de médicos e em Moçambique, em matéria de Suporte Avançado de Vida no Trauma [Advanced Trauma Life Support - ATLS]", lê-se no comunicado da Ordem dos Médicos de Moçambique.

A formação "vai tornar mais rápida a aplicação do tratamento indicado para a lesão traumática que traz risco à vida, com as intervenções mais críticas em relação ao tempo sendo realizadas mais precocemente", acrescenta o documento.

A iniciativa vai permitir que os médicos beneficiários transmitam os conhecimentos adquiridos para outros profissionais moçambicanos.

O Suporte Avançado de Vida no Trauma é um programa de formação e treino para médicos, visando a manuseamento de casos de trauma físico agudo, desenvolvido pelo Colégio Americano de Cirurgiões.

Este procedimento médico já foi adoptado em mais de 40 países.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.