Alguns alimentos que contém muito açúcar como os grãos refinados, a gordura saturada na carne vermelha e as gorduras ómega 6 presentes em muitos óleos vegetais, como o milho, a soja e os óleos de girassol, favorecem o aparecimento de inflamação do tecido o que pode afetar a saúde dos seus pés.

Entre este tipo de inflamações, destaca-se, por exemplo, o aparecimento de fasceite plantar, que provoca dor na parte inferior do pé, no calcanhar ou no ante-pé.

Por outro lado, algumas doenças tais como a doença arterial periférica e a diabetes podem alterar os pés uma vez que as artérias que trazem o sangue para as extremidades inferiores ficam danificadas ao longo do tempo.

Uma boa alimentação favorece uma boa permeabilidade arterial protegendo assim os pés de possíveis complicações graves como por exemplo a amputação.

A dieta saudável recomendada

Os diabéticos devem seguir uma dieta saudável, rica em grãos integrais, feijão, legumes e frutas, carnes magras e uma quantidade limitada de gorduras e doces. No entanto, mesmo quem não sofre de diabetes nem apresenta nenhum problema de saúde, deve seguir sempre uma dieta saudável para não sofrer de uma doença inflamatória.

Os pés são a base de apoio, de equilíbrio e de funcionamento do corpo humano. No entanto, as estatísticas indicam que 80% da população adulta sofre de algum tipo de problema podológico. As doenças dos pés não afetam só os pés, mas também a sua qualidade de vida e a sua capacidade de trabalho, por isso deve consultar um podologista menos uma vez por ano. Nunca se esqueça que os seus pés estão ligados ao resto do corpo.

As recomendações são da podologista Fátima Carvalho do Centro Clínico do Pé – Dra. Fátima Carvalho.