Um total de 1,8 milhões de pessoas contraiu o vírus da Sida em 2017, menos 5,3% do que em 2016, enquanto o número de mortos relacionados com a doença baixou 5%, segundo as estimativas mais recentes da ONUSIDA.

A entidade revela no seu relatório anual sobre a evolução da pandemia que desde o pico alcançado em 1996, as novas infeções caíram 47%, enquanto o número de mortes de 2004 desceu mais de 51%.

A cobertura dos tratamentos antirretrovirais tem ganho terreno, sendo que no final de 2017 cerca de 21,7 milhões de pessoas no mundo estavam a receber terapia antirretroviral.

Saiba mais sobre esta infeção:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.