Preparar um bom currículo é uma das chaves para alcançar os seus objetivos profissionais. A construção da nossa imagem, seja ela pessoal ou corporativa,  é um dos aspetos mais decisivos em qualquer relacionamento interpessoal que possamos vir a estabelecer e essa imagem começa exatamente pelo currículo que apresenta, já que será a primeira impressão que terão sua. Muitas das vezes a maior dificuldade passa por preparar um resumo que seja equilibrado, coerente e profissional para impressionar e inspirar confiança e credibilidade aos seus futuros empregadores. A pensar nisso temos algumas dicas que devem ser seguidas, desde a composição até o envio do seu CV. Conheça as 12 melhores:

1. Mantenha a simplicidade no formato

Para algumas das empresas o layout e estética do currículo são secundários e por isso ainda é usal ver muitos cv's ao estilo 'europass'. No entanto um design clean e simples acaba por se destacar dos demais e pode causar uma boa impressão. Experimente sair deste sistema (a não ser que seja obrigatório) e crie um layout para o seu CV. Na dúvida, opte pelo simples: uma página em branco com letras pretas bem dispostas, títulos sinalizados e tópicos coerentes.

2. Dados Pessoais

Nome, idade, endereço, estado civil, telefone, email. Todos esses itens precisam constar do seu currículo. Em algumas áreas, indicar as suas redes sociais - como Instagram, Facebook e LinkedIn, também é imprescindível. É por isso que é tão importante hoje em dia que tenha em atenção ao que coloca nas suas redes soiais, pois muitas das vezes elas também são objeto de análise numa candidatura. Se o seu currículo precisar de foto, escolha uma foto profissional e deixe de lado as selfies, ou fotos cortadas no meio de amigos ou em ambientes menos próprios.

3. Área/cargo de candidatura

É sempre importante indicar a área de atuação do seu interesse ou o cargo a que se candidata, se for uma oferta muito específica. Para um currículo generalista não há nada melhor do que indicar o cargo ou vaga pretendida, já que a área de atuação abre um leque de possibilidades para o empregador. Se ele se interessar pelo seu currículo, mas não tiver exatamente aquela posição disponível, ele poderá encaixá-lo numa posição similar ou que esteja na mesma área.

4. Formação

É muito importante que coloque sempre os cursos e certificações mais recentes da sua experiência. Não é necessário colocar todo o seu histórico, mas as especializações que possa ter feito no decorrer dos seus estudos são muito importantes.

5. Saiba resumir

O seu currículo não precisa de ser uma descrição detalhada de cada passo da sua vida. Mas também não pode faltar com informações que são fundamentais para a decisão de quem está a avaliar. Preze por ser conciso na descrição das informações e selecione aquilo que considera mais relevante para aquela oferta de emprego em específico.

6. Qualificações

Seja direto: nessa seção, é importante deixar explícito no que você realmente é bom, o que domina e as skills que oferece e que acredita que podem ser úteis para aquela candidatura.

7. Experiência Profissional

Coloque as suas experiências profissionais da mais recente para a mais antiga. Se forem muitas, escolha as cinco mais relevantes e informe, em cada uma delas, o nome da empresa, o período em que trabalhou e uma breve descrição do seu cargo e atividades. É sempre bem vindo indicar, também, um projeto ou situação em que se destacou.

8. Recomendações

Se lhe pedirem recomendações informe o nome e contato das pessoas devidas. Nunca se esqueça de fazer esse trabalho de casa nas empresas onde for trabalhando. É sempre bom ficar com contactos de forma a servirem de forma positiva nestas ocasiões.

9. Revisão geral

Rever a ortografia e gramática do seu currículo é sempre imprescindível. Além de evitar que erros de atenção passem despercebidos, um texto bem escrito e coeso também é levado em conta na hora da seleção.

10. Nunca se esqueça da forma de envio

Na hora de finalmente enviar o seu currículo, indique no assunto do email o nome da candidatura ou área pretendida. É importante confirmar se o endereço do empregador está correto, se os anexos podem ser abertos em todos os tipos de computador e claro, fazer uma breve apresentação no corpo do texto. Opte sempre por uma linguagem simples, mantenha o profissionalismo e o foco, para que o seu email seja levado realmente a sério.

Uma vez que for chamado para uma entrevista não esqueça de se preparar muito bem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.