Portugal

Por norma os homens cumprimentam-se com um aperto de mão seguido de um abraço, podendo dar um beijo aos familiares mais próximos. As mulheres, independentemente da situação, dão um ou dois beijinhos na face. Em situações mais formais usa-se sempre o aperto de mão.

Espanha

Os espanhóis não diferem dos portugueses quando o assunto são cumprimentos. As mulheres têm o hábito de dar dois beijos seja a familiares, amigos ou a pessoas que acabaram de conhecer. Os homens optam pelo famoso "passou bem" para os estranhos, abraços para os amigos e beijos para os familiares.

França

Os beijinhos na cara são uma forma de cumprimento usual entre os franceses enquanto os abraços estão reservados para ocasiões especiais e somente entre família e amigos. Normalmente dá-se dois beijos, apesar do número poder variar consoante a região.

Bélgica

Normalmente não se dá beijos a estranhos mas não é descabido se alguém o fizer. Esta forma de cumprimentar é comum entre familiares e amigos, a quem se dá um no dia a dia e três nos aniversários. Os homens têm o hábito de se cumprimentar com um aperto de mão.

Suíça

Neste país as pessoas costumam cumprimentar-se com um beijo na bochecha. Se por acaso mantiverem uma relação mais próxima com a pessoa pode dar-se três beijos.

Itália

Dar dois beijos é a forma mais tradicional de cumprimentar alguém excepto estranhos e pessoas que acabou de conhecer, para quem está reservado o aperto de mão. A geração mais jovem – especialmente os homens - evita dar beijos na face quando tem de cumprimentar alguém do mesmo sexo.

Holanda

É comum as mulheres cumprimentarem as pessoas com quem se cruzam com três beijos nas bochechas excepto os homens que preferem o famoso “passou bem” em grande parte das situações.

Alemanha

O povo alemão só costuma cumprimentar com um abraço e um beijo na face as pessoas com quem mantém uma relação de grande proximidade, como é o caso dos amigos e familiares. Nas outras situações opta pelo aperto de mão.

Áustria

À semelhança de Portugal, aos estranhos aperta-se sempre a mão enquanto que aos amigos e família dá-se um beijo. Quando um homem cumprimenta alguém do mesmo sexo é comum o passou bem.

Eslovénia

Os beijos não são habituais entre os eslovenos uma vez que pode ser considerado algo embaraçoso. Os abraços, por exemplo, são uma forma de cumprimento usada apenas entre as pessoas mais próximas e que já não vemos há algum tempo.

Croácia

O abraço é a forma mais usada para cumprimentar amigos. O beijo é algo que está reservado para a família – normalmente são dois – em ocasiões especiais ou porque já não vemos há bastante tempo. Nas outras situações utiliza-se o aperto de mão.

Hungria

Não se dá beijos a desconhecidos ou a pessoas com quem mantemos relações formais. Este tipo de cumprimento está reservado para familiares e amigos sendo que o número pode variar. Quando um homem cumprimenta outro homem fazem-no com um aperto de mão.

Sérvia

De acordo com um utilizador do site, todas as pessoas têm o hábito de se cumprimentar com três beijos nas bochechas.

Grécia

Apesar de não ser obrigatório, os gregos costumam dar dois beijos às pessoas com que mantêm uma relação próxima. Os homens só se beijam na face em ocasiões especiais, como é o caso de aniversários ou celebrações. Os apertos de mãos ficam reservados para desconhecidos e entre homens.

Estónia

Os familiares e amigos costumam cumprimentar-se com um abraço, podendo, ocasionalmente, dar beijos. Se isso acontecer é importante reter que dão um ou dois beijos na bochecha. Costuma dar-se o “passou bem” a desconhecidos.

Irlanda

Os beijos ficam de fora entre o povo irlandês. Entre amigos é comum cumprimentar-se com um abraço e caso nos seja apresentado alguém pela primeira vez opta-se pelo "passou bem".

Reino Unido

Se vai viajar até terras de sua Majestade saiba que não deve cumprimentar ninguém com um beijo na cara, apenas a sua cara-metade. Aos desconhecidos e pessoas com quem mantém relação profissional dá-se um aperto de mão. Os abraços são para os amigos e familiares.

Dinamarca

Quando se conhece alguém pela primeira vez o beijo é preterido face ao aperto de mão principalmente entre homens. No caso de alguém com quem se mantém relação mais próxima – amigos ou familiares – opta-se por um abraço.

Noruega

Neste país o famoso “passou bem” está reservado exclusivamente para aqueles que conhece pela primeira vez e com quem mantém relação uma profissional. Com a família podemos optar por um aperto de mão, abraço ou um beijo, sendo usual dar-se apenas um na bochecha. Entre amigos há quem dê um abraço ou um aperto de mão.

Suécia

Ao contrário de Portugal, os suecos não têm o hábito de dar beijinhos a quem não conhecem uma vez que é algo bastante pessoal, optando pelo aperto de mão. Os abraços e os beijos são utilizados para cumprimentar amigos mais próximos e membros da família.

Finlândia

Dar um abraço é algo bastante comum entre amigos e familiares, enquanto os apertos de mão estão reservados para ocasiões mais formais ou quando se conhece alguém pela primeira vez.