Abra bem os olhos. Observe a postura dos seus interlocutores e descubra o que os seus gestos escondem. Poderá surpreender-se com os resultados da sua análise.

Braços cruzados

De acordo com pesquisas realizadas, cruzarmos os braços enquanto conversamos com alguém significa que estamos na defensiva, inseguras e a tentar colocar uma barreira entre nós e o interlocutor.

Entrelaçar as mãos atrás das costas

Os polícias fazem este gesto muitas vezes, assim como os membros da realeza. Está associado ao sexo masculino e transmite confiança e superioridade.

Cruzar a perna

Esta posição é quase universal em todos os contextos culturais mas, se for acompanhada por um cruzar de braços, passa a imagem que não estamos disponíveis para qualquer tipo de comunicação.

No contexto de uma entrevista laboral, está provado que pessoas que adoptam esta postura utilizam frases curtas, rejeitam um maior número de propostas e, decorrida a entrevista, lembram-se de menos pormenores...

Queixo apoiado nas duas mãos

Parece ser um dos gestos preferidos pelas mulheres em jogos de sedução e tem uma conotação positiva.

É como se, ao entrelaçarmos as mãos e pousarmos o queixo em cima, estivéssemos a oferecer o nosso rosto para ser admirado.

Texto: Teresa d'Ornellas

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.