A resposta: Simplesmente porque eles não conseguem ver. Como as mulheres dispõem de um grande ângulo de visão, elas podem, mesmo sem mexer a cabeça, ver tudo, ou quase tudo, o que está dentro de um frigorífico ou de um armário.

Por seu lado, os homens mexem a cabeça da esquerda para a direita e de cima para baixo, à procura do objecto dado como desaparecido.

Esta diferença de visão tem implicações importantes em todos os aspectos da nossa vida. Por exemplo, as estatísticas dos seguros automóveis, por exemplo, mostram que é menos provável uma condutora ver-se envolvida num acidente ocorrido num cruzamento.

A sua visão periférica mais ampla permite-lhe ver os carros que aparecem de lado. Em contrapartida, é mais provável a mesma condutora sofrer um choque por trás ou pela frente, quando está a estacionar o carro, na medida em que esta operação põe em jogo as suas capacidades espaciais menos desenvolvidas.

A vida de uma mulher torna-se muito menos tensa, a partir do momento em que ela compreenda os problemas que os homens têm para ver as coisas de perto. Assim, quando uma mulher diz a um homem «está dentro do armário, querido!» é menos angustiante para ele acreditar e continuar à procura.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.