Por ser uma compra muito pessoal e que, ao mesmo tempo, envolve um montante monetário avultado, a decisão de comprar uma casa em detrimento de outra nem sempre é fácil.

No momento da procura, por norma, vemos muitas hipóteses, cada uma com as suas vantagens de desvantagens. Por isso, é importante definir objectivos e prioridades daquilo que pretendemos num imóvel, pois a decisão que tomar vai tornar-se o nosso lar.

  1. Limpeza da casa descuidada

Se a casa que visita não apresentar uma limpeza cuidada poderá ser sinal de que os atuais proprietários não estimam a casa tanto quanto deveriam e que, eventualmente, não cuidaram de outros problemas. Se este for um motivo de desconforto, mas se o negócio se mostrar ideal, procure analisar outros aspectos, como por exemplo isolamento térmico e sonoro ou espaços de arrumação.

  1. Necessidade de demasiadas pequenas reparações

Ao visitar um imóvel, considere o ponto anterior e vá mais a fundo, verifique a necessidade de pintura, acabamentos, estado de torneiras e portas e tudo aquilo que possa suscitar problemas a longo prazo. Enquanto comprador certamente que, no seu orçamento, já está a contar com algum dinheiro extra para alguma reparação ou modificação, contudo estas devem ter limites. Se um imóvel apresentar demasiados problemas talvez, a longo prazo, não seja um bom investimento.

  1. Dúvidas em relação à localização

A localização do imóvel vai influenciar toda a sua vida diária e a sua rotina. Os acessos, os serviços que se situam nas imediações, a centralidade (ou não) da localização do imóvel são importantes na sua decisão. A relação entre o custo mensal da renda e as despesas que terá em deslocações deverá ser equacionada. Assim, evitará surpresas adicionais depois da sua mudança.

  1. Não vai ao encontro de todas as suas necessidades

Durante a procura é provável que vá encontrar um casa pela qual se vai apaixonar. Contudo, se esta não for ao encontro de todas as suas necessidades pondere bem antes de fechar negócio. Por exemplo, quer ter dois filhos, mas apaixonou-se por um imóvel que apenas tem dois quartos. Pondere se vai querer um quarto para cada um dos seus filhos, se estes poderão partilhar quarto ou se terá de pensar em outro imóvel.

  1. Recusa do proprietário em mostrar documentação da casa

Ao visitar uma casa que potencialmente quer comprar é natural que queira consultar a documentação respeitante à mesma. Se por algum motivo, notar alguma resistência em lhe apresentar algum documento, como por exemplo a planta da casa, desconfie e faça perguntas adicionais, como “há quanto tempo tem a casa à venda” e “porque é que deseja vender a sua casa?”. De acordo, com a segurança da resposta obtida vai certamente perceber se existe algum entrave à compra da casa ou não.

Se não está totalmente seguro, então a casa não é para si

Comprar uma casa é um compromisso de longo prazo, quer porque não é tão fácil comprar um casa como comprar outro qualquer bem material, quer porque esta é uma compra bastante emocional e com a qual deve estar confortável. Assim, se não estiver seguro do negócio que vai fazer, podere bem. Reúna a família e discutam em conjuntos as vantagens e desvantagens de comprar um determinado imóvel.

Se por outro lado, pretende vender a sua o seu imóvel deverá também estar atento aos pontos que lhe apresentámos e trabalhá-los, por forma valorizar e a melhorar a experiência de quem visita a sua casa.