Quando falamos em orçamento familiar, para além de devermos planear os gastos ao longo de todo o ano, sabemos que a alimentação ocupa uma grande parcela dos custos mensais.

Se pensarmos em poupar na alimentação, temos sempre de garantir uma alimentação saudável, mas também podemos pensar em optar pela marmita. Ou seja, levar almoço de casa para o trabalho, o que implica cozinhar as refeições atempadamente.

Há quem utilize os restos do jantar do dia anterior, mas há quem adote uma estratégia diferente: a preparação de todas as refeições para a semana. Falamos assim da tendência do Meal Prep que é visto como um bom truque para poupar tempo, controlar as quantidades consumidas e gerir melhor as compras do supermercado.

Como fazer o Meal Prep?

O Meal Prep (do inglês “meal preparation”, em português “preparação de refeição”) consiste em destinar algumas horas do seu dia ao preparamento de refeições para a semana que se aproxima. O objetivo é ter sempre comida pronta para o dia seguinte, evitando comprar fora e assim gerir melhor a carteira.

Para a preparação deve primeiro planear as refeições semanais. Uma vez que trabalha cinco dias por semana, terá de cozinhar cinco almoços. Se forem duas pessoas, terá de pensar em 10 porções. E se falarmos de uma família de quatro, já podem ser refeições a mais.

Porém, não é preciso fazer tudo no mesmo dia. Pode utilizar o Meal Prep para preparar duas ou três refeições e a meio da semana complementar com os restos do jantar.

Ao planear as refeições, escolha um dia e uma hora em que vai definitivamente dedicar-se a esta tarefa. Há quem demore entre duas a três horas a preparar as várias refeições, já que terá de variar o menu ao longo dos dias. Muitos escolhem o domingo de manhã, para que a comida esteja mais fresca durante a semana, mas fazer ao sábado também não está fora de hipótese.

Parece uma tarefa muito difícil cozinhar várias vezes, mas o Meal Prep dá-lhe algumas dicas para otimizar o seu tempo na cozinha. Escolha duas proteínas a cozinhar e um acompanhamento. Por exemplo um tacho de arroz  pode dar para várias refeições. Deve também considerar cozer vários legumes ou complementar com sopa. Pode ainda utilizar o forno e vários recipientes para cozinhar ingredientes ao mesmo tempo. Use o frigorífico para reservar ou então congele refeições para o futuro.

Este método vai fazer com que consiga poupar em diversos aspetos da sua vida. Estes são alguns deles:

1. A poupança de tempo é algo que pode não estar a ver à partida

Se pensar nas vezes que tem de ir ao supermercado ou nas horas que passa na cozinha, talvez seja vantajoso para algumas famílias investir três horas a preparar mais de 50% das refeições semanais. Assim, ao final do dia, poderá ter o jantar já feito (no frigorífico ou congelado) e não ter de pensar ainda no almoço do dia seguinte.

2. A poupança no supermercado também é notória

Ao fazer a lista de compras já com as refeições pensadas, irá comprar todos os ingredientes de que precisa, sem comprar a mais, diminuindo a fatura. Com o tempo, também irá investir mais em ingredientes de longo prazo, como condimentos e legumes congelados que podem ser utilizados facilmente e que não custam muito.

3. A poupança na organização pode também ser algo que mude na sua vida

Ao utilizar os mesmos recipientes para as refeições semanais, sabe organizar melhor a sua cozinha. Invista em tupperwares de vidro para maior durabilidade e utilize elementos empilháveis para ganhar espaço. Além disso, ao utilizar mais o forno ou recipientes maiores, terá de lavar menos coisas e poupa mais recursos.

4. A poupança em despesas de saúde é um outro efeito positivo

Vários especialistas indicam que a marmita trouxe uma maior consciência da alimentação saudável e rica para as famílias. Ao fazer as suas refeições, controla os ingredientes e as quantidades que ingere. Ao privilegiar a sopa, as frutas, os legumes e outros hortícolas, tem uma alimentação rica em nutrientes e bastante barata.

5. A poupança em refeições em geral é o mais importante

Comer fora é sempre mais caro do que levar marmita. Se dividir o custo dos alimentos por cinco refeições, mesmo que faça em maiores quantidades, irá ver que cada refeição poderá custar apenas 3€. As frutas e os legumes são opções bastante baratas e pode também comprar alternativas à carne mais baratas bem como conservas em lata.

Na gestão do orçamento familiar, a fatia da alimentação ocupa um grande peso. Utilize a técnica do Meal Prep para poupar tempo e dinheiro e ter uma alimentação variada.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.