O estranho é que a maioria dos e-mails de out of office que recebemos continuam a parecer do século passado: obsoletos, pouco criativos e que acrescentam pouco valor a quem os recebeu.

A generalidade desses e-mails passam a informação principal, que é a ausência do interlocutor, mas são pouco originais.

Se não tem de obedecer a regras corporativas rigorosas, esqueça as respostas automáticas, pouco criativas e muito enfadonhas. Surpreenda os seus contactos de forma positiva e memorável. Dê o seu toque pessoal à mensagem.

Inicie uma viagem criativa. Destaque-se e acrescente valor à relação que tem com os seus contactos. Aproveite para mostrar o lado mais humano do seu negócio e da sua empresa.

Alguns ingredientes secretos para um e-mail de "out of office" único

Utilidade: Antes de pensar na parte divertida garanta que é útil. Se faltar isso, não há criatividade que faça diferença. Informe quando vai regressar, que responderá com atraso e em caso de urgência quem deve contatar.

Autenticidade: Reflita neste e-mail a sua personalidade e a forma como comunica. Todos temos uma forma de escrever que nos caracteriza e diferencia. Deixe que algo de si transpareça nessa mensagem.

Humor: Não tenha medo de usar o humor. O humor é um poderoso agente para quebrar barreiras, trazendo leveza e alívio à monotonia laboral. Use-o!

Honestidade: Seja verdadeiro e partilhe exatamente o que está a fazer e porquê. A transparência fomenta confiança, elemento importante numa relação comercial.

Originalidade: Acrescente algo de inovador e criativo a este e-mail. Uma imagem, um filme, um quiz, algo que se adeque à sua personalidade e à cultura organizacional da empresa onde está inserido. Este toque final fará certamente a diferença.

Os conselhos são de Vera de Melo, doutorada em Psicologia, especialista em Recursos Humanos e CEO na Partner Your People.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.