A ideia surgiu-lhes do nada no início de 2017, enquanto acompanhavam os dançarinos do Saint Louis Ballet em digressão, depois de ver um deles a interagir com um canídeo nos bastidores de um tratro. "E se tirássemos fotografias aos bailarinos com cães?", perguntou um deles ao outro, que anuiu. Na altura, Kelly Pratt e Ian Kreidich, um casal de fotógrafos americanos, estavam longe de imaginar que, em menos de nada, dariam origem a um livro e a um novo negócio.

Depois de uma primeira experiência com a dançarina Ericka e com Baxter, um buldogue-inglês, entusiasmaram-se e nunca mais pararam. Em dois anos, fotografaram 100 bailarinos e uma centena de cães em 10 cidades dos EUA. "Dancers & dogs", o nome que deram então ao projeto, é também o livro de fotografias com mais de 200 páginas que acabam de publicar. A obra reúne fotos divertidas e surpreendentes, que pode ver na galeria de imagens que se segue.

Além das fotografias oficiais, "Dancers & dogs" também apresenta imagens dos bastidores das produções fotográficas. "Esta obra mostra o lado mais humano e descontraído dos bailarinos. A alma do livro não é a perfeição, que é a ambição de muitos dos bailarinos de balé, é o momento e a experiência, porque os cães não ligam à técnica nem aos movimentos que são executados. Eles gostam das pessoas pelo que elas são", sublinham Kelly Pratt e Ian Kreidich no livro.

Além de "Dancers & dogs", à venda online, o site do projeto disponibiliza uma loja de comércio eletrónico, criada pelo casal de fotógrafos, que também vende calendários, roupa com o logotipo da iniciativa, sacos, canecas, capas para telemóveis, fotografias e postais. Parte dos lucros da venda do livro revertem a favor da Stray Rescue. A organização gere um abrigo que acolhe animais abandonados em Saint Louis. Muitos dos canídeos já foram fotografados pelo casal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.