No seu canal do Youtube, Mari Lopez garantia ter ficado livre de células cancerígenas em quatro meses graças a uma dieta vegan composta por alimentos crus depois de ter abandonando os tratamentos convencionais prescritos por médicos.

Desde o lançamento do canal, mais de 11,8 mil pessoas acompanhavam a dupla "Liz & Mari", composta por Mari Lopez e a sua sobrinha. Os vídeos reúnem mais de um milhão de visualizações naquela plataforma de vídeo online.

"É a minha escolha, estou bem, não morri e não estou no hospital. Vou continuar com este caminho natural", disse em um dos vídeos. "O cancro desapareceu e estou curada", acrescentou.

No entanto, Liz Johnson, sobrinha da youtuber, confirmou esta semana a morte da tia vítima da progressão da doença.

"Desconfie sempre de métodos não comprovados"

Em comunicado enviado à revista, a Sociedade Americana do Cancro chama a atenção para métodos não comprovados no tratamento das doenças oncológicas.

"Desconfie de qualquer tratamento que diga que pode curar o cancro. Suspeite sempre de um tratamento que pode curar todos os tipos de cancro e outras doenças que são difíceis de tratar. Eles certamente são falsos", lê-se na nota.

Em Portugal, o cancro matou 27.900 em 2016, mais três por cento do que no ano anterior, segundo resultados divulgados este mês.

Apesar de haver mais diagnósticos, a taxa de sobrevivência ao cancro está a aumentar no mundo, revela um estudo publicado pela revista "Lancet".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.