Quando se fala em pintar qualquer divisão da casa há sempre o gosto pessoal a opinar, principalemente quando a divisão é o quarto. No entanto essa escolha pode ser baseada na sensação que pretende desse local. É aqui que entram as dicas de profissionais, que o podem ajudar a tomar essa decisão. Em primeiro lugar, é preciso levar em conta a sensação que se deseja passar com o ambiente e analisar até mesmo como a pessoa dorme.

1 - Tem insónias?

Procurar por tons escuros é uma boa solução para quem não dorme bem. Para Krista Schrock e David John Dick, designers da DISC Interiors, existem diversas nuances ricas que trazem mais aconchego e ajudam no momento de dormir, já que a escuridão, de certa forma, ajuda a manter o ciclo do sono regulado.

Cinzas muito escuros, quase pretos, e castanhos profundos são apostas certeiras. O espaço também continua escuro ao amanhecer, mesmo que entre um pouco de luz pelas frestas dos estores e cortinas.

2 - Quer relaxar?

O branco é clássico: reconfortante e tranquilo. Ele é a escolha preferida dos arquitetos da Nate Berkus Associates e da designer Sarah Magness.

Ambos alertam para a intenção ao criar o espaço: como qualquer outra cor, o branco possui nuances e subtons, e combina mais com relaxamento quando o tom é neutro ou voltado para o creme. É preciso ter cuidado para não escolher uma tinta demasiado pura, ou o quarto parecerá um pouco sufocante com o brilho da cor.

3 - Procura uma cor cheia de estilo?

A cor favorita da designer americana Abigail Ahern, que possui a sua própria marca de tintas, é um castanho com um subtom rosado. De acordo com a mesma, a nuance é aconchegante, mas também rica. Por causa da sua complexidade o ambiente torna-se automaticamente com mais estilo.

4 -  Quer ser elegante sem esforço?

Kara Smith, da SFA Design, recomenda tons neutros e quentes para decorar quartos. Off-white e marfim compõem paletas suaves e fáceis de combinar, elegantes até mesmo quando se escolhe deixar o ambiente monocromático. Para trazer dinâmica às composições, aposte nas texturas diferentes e nas plantas. O ambiente fica sofisticado e tranquilo.

5 - Quer fugir dos tons masculinos e femininos?

Rosa ou azul como os tons de rapaz e rapariga já não se usa. Para Max Humphrey, designer de interiores, as cores podem ser usadas em qualquer canto da casa independente do sexo.

Para ele o cinza pálido voltado para o azul, vai bem com tudo.  Para combinar, é só aliá-lo a outros azuis, preto e branco. O verde seco também é super bem-vindo para um ambiente sem género definido.

6 - Procura uma mudança?

Se gosta de mudar a decoração do quarto com frequência, mas não quer se dar ao trabalho de estar sempre a mudar a cor das paredes, o tom cinza frio é uma boa solução porque se adapta a vários ambientes e decorações.

7 - Não se quer decidir por um só tom?

Quando o assunto é paredes de cores diferentes, o preto e branco é uma combinação infalível! Esta é uma mistura que traz dinâmica ao mesmo tempo que cumpre a função de equilibrar a luminosidade do ambiente.

8 - Serenidade absoluta

Quando se procura um ambiente totalmente sereno, nada como o azul mar para trazer essa sensação. Aposte nesse tom para a sua parede e ela irá refletir essa serenidade para o seu estado de espírito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.