Emile Ratelband tem 69 anos, quer passar a ter 49 e aguarda que o tribunal o autorize a "rejuvenescer" 20 anos. E porquê? Com a sua idade real, Emile Ratelband  não obtém respostas no site de encontros Tinder, uma rede social para encontros.

Este pai de sete filhos alega que, tendo em conta que é possível alguém mudar de sexo ou nome, também ele deveria poder alterar a sua idade legal por se sentir um "jovem deus".

"Podemos mudar de nome e de sexo, porque não mudar de idade?", questionou o reformado Emile Ratelband, que fica agora à espera da decisão do tribunal de Arnhem, que se vai pronunciar no prazo máximo de quatro semanas.

Veja as fotos 

O pensionista estará, inclusive, disponível para abdicar da sua pensão se os tribunais decidirem a seu favor, já que as autoridades locais recusaram o pedido de alteração da idade.

Segundo o jornal Algemeen Dagblad, este pedido inédito foi recebido pelo tribunal de forma cética, uma vez que não existe qualquer mecanismo legal que permita a uma pessoa mudar a sua data de nascimento, algo que Ratelband considera discriminatório, pois tal estará a limitar as suas hipóteses de encontrar uma namorada no Tinder.

Segundo o jornal irlandês "The Irish Post", o empresário, que se converteu ao budismo, disse: "Fiz um "check-up" e qual foi o resultado? A minha idade biológica é de 45 anos".

"Quando tenho 69 anos, sou limitado. Se tiver 49, posso comprar uma casa nova, conduzir um carro diferente. Posso arranjar mais trabalho. Quando estou no Tinder e digo que tenho 69 anos, não recebo resposta. Quando tiver 49 anos, com a cara que tenho, vou estar numa posição de luxo", afirmou o holandês.

Emile Ratelband é um homem relativamente conhecido na Holanda, por ser consultor motivacional. É fundador do Ratelband Research Institute e da Fundação Ratelband.