Depois de sair do acolhedor ambiente intra-uterino, onde se desenvolveu durante nove meses, o bebé vive uma fase de descoberta e adaptação ao amplo e desconhecido mundo exterior, repleto de novas sensações e diferentes estímulos.

É importante que saiba preparar o ambiente mais adequado para receber o seu filho, onde cada pormenor que, à primeira vista pode parecer insignificante, tem uma importância extrema. O quarto onde o bebé vai dormir, por exemplo, «deve ser cuidadosamente preparado», aconselhou a enfermeira Ana Isabel Ventura, especialista em saúde infantil e pediátrica, durante a acção formativa sobre cuidados pediátricos realizada pela Cuidar +.

Afinal o quarto é o espaço onde o seu bebé vai permanecer durante longos períodos de tempo, nos seus primeiros meses de vida. Tudo deve ser escolhido a pensar no seu conforto e segurança.

5 cuidados essenciais

1. Nos primeiros tempos, pode optar por deitar o bebé numa alcofa, segura e estável. Mas, atenção: a partir dos três meses, o uso de alcofas está contra-indicado porque pode provocar o sobreaquecimento do bebé, um factor de risco para a
síndrome de morte súbita infantil.

2. As camas de grades devem ter uma altura mínima de 60 cm de profundidade da cama e uma distância entre as grades, no máximo, de 6 cm.

3. Quanto à roupa da cama, é também importante ter alguns cuidados na hora da escolha. Opte por tecidos naturais que previnam alergias como, por exemplo, o linho ou o algodão. A utilização de almofadas não está recomendada.

4. Os protectores acolchoados protegem o bebé das grades da cama mas devem estar bem presos, devido ao risco de asfixia. Quando o bebé já consegue coloca-se de pé, devem ser retirados para prevenir eventuais quedas.

5. O edredão está desaconselhado porque é muito leve e pode facilmente cair sobre o bebé e colocá-lo em risco de sobreaquecimento ou asfixia.


Boa noite

Na hora de deitar o seu bebé para dormir, há outros cuidados que não deve descurar para uma noite de sono tranquila:

- Faça a cama de forma a que os pés do bebé fiquem o mais perto possível do fundo da cama para que, caso ele se movimente durante a noite, não fique totalmente coberto pela roupa da cama, prevenindo assim o risco de asfixia.

- Evite deitar o bebé com babetes, fios, fitas de vestuário ou outros acessórios como as correntes da chupeta.

- A cama deve ser colocada no quarto dos pais, durante os primeiros meses. «A proximidade do bebé com os pais é muito importante, transmite segurança ao bebé e, além disso, facilita a realização das tarefas nocturnas inerentes a esta fase», explica a enfermeira Ana Isabel Ventura.

- A cama deve ficar distante de aquecedores e de janelas ou portas que possam fazer corrente de ar.

- Os aparelhos eléctricos como telemóveis, computadores ou televisões devem ser desligados durante a noite, porque podem provocar ambientes magnéticos pouco favoráveis ao descanso.

Veja ainda:

O banho do bebé

O sono do bebé

A massagem do bebé

Para saber mais sobre as formações dadas pela Cuidar + clique
aqui.

Texto:
Sofia Cardoso com Ana Isabel Ventura (enfermeira especialista em saúde infantil e pediátrica)

A responsabilidade editorial desta informação é da revista

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.