De acordo com Antónia Prates, Enfermeira em Saúde Materna e Obstetrícia, a fase ativa do parto:

- Ocorre a partir do momento em que se verifica três a quatro centímetros de dilatação e prolonga-se até aos dez centímetros, fase que habitualmente é designa por “dilatação completa”.

- Num primeiro parto, a fase ativa dura, em média, seis a oito horas.

- O útero, órgão constituído por várias camadas de músculo, vai contraindo, de forma a promover a dilatação do colo, para permitir a passagem do bebé. A partir dos três centímetros de dilatação, o útero dilata cerca de um centímetro por hora, num primeiro parto, e cerca de um centímetro e meio, nos partos seguintes.

É hora de ir para o hospital

- A fase ativa do trabalho de parto caracteriza-se pela ocorrência de duas a três contrações em cada dez minutos.

- Após duas horas de se ter instalado este padrão de contrações, é a altura de se dirigir à maternidade.

- Para a mulher que, no seu projeto de parto, inclua a analgesia epidural, esta será a hora adequada para a solicitar.

Texto: Ana Margarida Marques

Siga este e outros temas sobre gravidez no Facebook A Nossa Gravidez.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.