Recentemente, através da sua advogada, Angelina Jolie acusou o ex-marido, Brad Pitt, de não contribuir com quantias “significativas” para a educação dos seis filhos que têm em comum. Contudo, fontes próximas do ator de Hollywood garantiram ao site de entretenimento TMZ que ambos tinham um “acordo informal” e que Pitt deu “muito, muito mais” do que se tinha acordado para pagar, sendo que o valor chegou aos milhões de euros.

Por seu turno, uma outra fonte garantiu à revista People que Pitt “já pagou muito mais que qualquer acordo informal estabelecido, mais do que qualquer juiz poderia ter imposto caso os dois tivessem levado o caso para a justiça”.

Aliás, Brad Pitt terá ficado tão irritado com as alegações da ex-mulher que decidiu recorrer ao tribunal para definir valores e evitar mais polémicas do género.

Também recentemente, a imprensa internacional noticiou que a advogada de Jolie ter-se-ia despedido, devido à sede de vingança da atriz, facto que entretanto foi negado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.