Karl Lagerfeld trabalhou até ao fim. Horas antes de morrer, o criador de moda alemão, que faleceu aos 85 anos, no passado dia 19 de fevereiro no Hôpital Américain de Paris, em Neuilly-sur-Seine, em Paris, onde estava internado, deu indicações para o desfile da Chanel que estava a ser preparado. Apesar de acamado, poucos dias antes ainda enviava desenhos e esboços a Silvia Venturini Fendi, estilista, herdeira da Fendi.

A revelação é feita na última edição da Paris Match. De acordo com a publicação francesa, o estilista morreu com o seu guarda-costas, Sébastien Jondeau, a segurar-lhe a mão. "O Karl era como um pai para ele", justificou um amigo do criador de moda à prestigiada revista. Nascido em Hamburgo, em 1933, Karl Lagerfeld foi diretor criativo da Chanel, da Fendi e da etiqueta que criou com o seu próprio nome.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.