Há cada vez mais casais a apostar neste género de ação. Por norma já são casais dedicados a causas humanitárias e gostam de encetar o novo capítulo da vida de casados prestando serviços ao próximo. E o conceito é mesmo esse... promover o bem e investir tempo disponível.

É um bocado radical, não?!

Se pensar bem a ideia não é assim tão radical. Provavelmente já foi ou teve conhecimento que já há muitos casais que, em vez de oferecerem os tradicionais brindes de casamento, já optam por dar uma contribuição monetária a uma instituição de caridade. Ir de lua de mel e substituir os destinos turísticos por regiões remotas promovendo e vivenciando a solidariedade, além de ser uma experiência formidável a todos os níveis, é recompensadora e uma excelente forma de se aprender mais sobre o outro e sobre si mesmo.

E como fazer?

Antes de mais devem saber quais são os interesses que têm em comum, até porque podem gostar os dois de ajudar, mas terem objetivos diferentes. Quando delinearem o vosso propósito, nada como uma boa pesquisa. Existem vários sites, como por exemplo a 'Good Hope Volunteers', a 'GoEco', a 'Volunteering Solutions' ou a 'Conservation Volunteers', que vos podem guiar no que diz respeito às diversas ações a decorrer.
Quando tiverem tudo decidido relativamente a locais e objectivos, basta apenas prepararem-se para a viagem. Aqui, é conveniente saberem que tipo de documentação irão precisar, vacinas e outros, e ter em conta os costumes e hábitos do local ou dos sítios por onde tenham de passar. Conhecer a cultura e adaptarem-se, permite a que não ofendam – mesmo que inconscientemente – a comunidade.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.