Se é adepto das caminhadas ou das corridas a ritmo moderado, precisa de calçado adequado e, lá por gostar muito de umas sapatilhas desportivas, não significa que elas sejam forçosamente as melhores para si. No caso de praticar desporto, essa exigência torna-se mais premente. A oferta no mercado é grande e diversificada. Estas são as características que deve procurar quando adquirir o seu próximo par de ténis.

1. Reforços

Sustentam as zonas delicadas dos membros inferiores, como é o caso do tornozelo e do calcanhar. Avalie se se adaptam à(s) modalidade(s) que pretende praticar e se garantem esse sustento.

2. Sola

A sua dureza depende do tipo de atividade para que foi desenhada. Alguns dos modelos disponíveis no mercado vêm com solas mais maleáveis, que podem não ser as que melhor se adequam às suas necessidades.

3. Câmara de ar

Amortiza o impacto contra o chão para proteger o calcanhar. É fundamental que o modelo que escolher integre uma que cumpra esse requisito.

4. Palmilha

É desenhada de forma a melhorar a dinâmica de apoio do pé para prevenir lesões e garantir comodidade. Existem vários tipos de vários materiais no mercado, pelo que se deve aconselhar com o vendedor da loja para se assegurar que a que está a pensar adquirir é (mesmo) a melhor para si.

5. Desenho da sola

Confere estabilidade e um efeito antiderrapante ao ténis. Também aqui são várias as tecnologias que as diferentes marcas desenvolveram. A que escolher deve estar adaptada ao uso que lhe pretende dar.

6. Entresola

Muitas vezes menosprezada, atenua o impacto contra o chão para prevenir lesões, pelo que deve ser adequada à prática desportiva que pretende empreender.

7. Biqueira

A folga que tem dá mobilidade aos dedos e pode levar um reforço para os proteger dos impactos. Tenha esses fatores em conta antes de se decidir por um novo modelo.

8. Material

Também aqui a oferta é muita e a desinformação também, o que acaba por dificultar a escolha. Lycra e pele são os mais utilizados pela flexibilidade e pela sua capacidade de ajuste.

9. Sistema de atacadores

Dele depende a sustentação final do ténis, pelo que também exige uma decisão racional. O sistema de atacadores de tipo colmeia é o mais utilizado por, segundo muitos especialistas, ser o mais eficaz.

10. Língua

Protege o pé da tensão excessiva que é muitas vezes causada pelos atacadores e ajuda a ajustar bem o ténis. Deve, à partida, garantir o conforto quando se calça a sapatilha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.